• Fluxo Criativo

Em 2021, a Fluxo Criativo ajudou a gerir quase dois milhões de reais em projetos

Contratada para assessorar a realização de projetos de diversas vertentes artísticas, em 2021 a Fluxo Criativo, empresa de produção cultural sediada em Palmas, ajudou a administrar e gerir quase dois milhões de reais em projetos culturais e sociais de todo o Brasil.

Foram mais de quarenta projetos onde a Fluxo Criativo atuou como assessoria de produção, orientando produtores a utilizarem os recursos recebidos da maneira correta conforme a legislação da Lei Aldir Blanc determina.

Além dos trabalhos para outros projetos, a Fluxo Criativo esteve diretamente envolvida na produção ou administração de dez projetos, sendo eles:


- Desenvolvimento da HQ Bobarella, da Fluxo Criativo:

Projeto xodó da nossa produtora, a HQ "Bobarella!" será desenvolvida e editada em parceria com a Editora Guará (@universoguara) e adaptará a peça teatral "Bobarella Desmata-Mata", do Grupo Lizete para a linguagem de quadrinhos. O objetivo final é ampliar o alcance da obra original, gerando reconhecimento e fonte de renda para artistas do Tocantins.


- Resgatando o Chicote, de Alfredo German Vera (Caracol):

A arte do chicote possui poucos conhecedores e temos a sorte de ter, no Tocantins, o artista e capataz circense Caracol (@minusculocircocaracol) com este conhecimento. O projeto pretende preservar seu conhecimento através do desenvolvimento de uma oficina de manipulação de chicotes e de um número circense voltado para chicotes.


- Kombi Xita: Novos caminhos para a Trupe-Açu, da Trupe-Açu:

Projetos culturais não precisam ser sobre eventos e oficinas. Acostumada a circular por todo o Tocantins e até fora dele, a Trupe-Açu (@trupe.acu) precisava de reparos urgentes em seu veículo oficial - a Kombi Chita. Os recursos públicos recebidos foram investidos em garantir a melhoria do veículo e a aquisição de caixas de som, mesa de som e microfones, para que a Trupe possa continuar seu trabalho circense em qualquer lugar que esteja.


- Circulação do Acervo de Edivan Ribeiro, de Edivan Ribeiro:

Artista de Arraias com obras expostas no Sesc, no Espaço Cultural José Gomes Sobrinho, no restaurante Quadra Contemporânea e na Galeria do Palmas Shopping, Edivan Ribeiro (@edivan_arte) iria circular por três cidades com uma exposição que contemplasse todo o seu acervo. Devido à pandemia, a circulação da exposição tornou-se uma ação virtual de arte-educação, onde o curador de sua exposição, Vone Petson, conversou com alunos e professores de Porto Nacional, Paraíso do Tocantins e Araguaína.


- Exposição Portas e Portais, de Júlio Teixeira:

O artista Júlio Teixeira é português, mas portuense desde os anos 90, quando se mudou de São Paulo para o Tocantins. Sua principal habilidade é a arte de talhe em madeira, mas também faz criações em pintura, literatura e música. O seu projeto teve por objetivo difundir suas obras em talhe, técnica de poucos praticantes no Brasil. Para tanto, sua casa foi transformada em uma galeria, e sua exposição ainda está em cartaz para interessados que quiserem visitar, lá no Setor Aeroporto.


- Circo de Caixeiras, de Giovana Kurovski:

Giovana (@gkurovski) faz parte da Trupe-Açu e se apaixonou pela técnica de Teatro Lambe-lambe, onde a apresentação é feita através de teatro de animação dentro de uma caixa. Todos os objetos são miniaturizados e apenas um espectador acompanha a história por vez, olhando para dentro de uma caixa. Seu projeto teve como objetivo manter uma programação cultural de forma segura durante a pandemia, em diversas cidades do estado.


- Maravilhas do Tocantins, de Belyza Bitencourt:

Belyza (@bellybittencourt) também é artista da Trupe-Açu e desenvolveu um projeto que uniu turismo e arte. Inspirada em práticas esportivas ao ar livre, desenvolveu a ideia de gravar práticas artísticas circenses em pontos turísticos do estado do Tocantins. As artistas da trupe visitarão cinco localidades e cidades, realizando intervenções circenses com o objetivo de criar um material audiovisual.


- As Gerações dos Mortais Assemelham-se às Folhas das Árvores, de Heitor Oliveira:

Heitor Oliveira (@heitor.oliveira78) desenvolveu junto ao pianista Dario Rodrigues a obra "As Gerações dos Mortais Assemelham-se às Folhas das Árvores" e utilizou recursos da Lei Aldir Blanc para o registro profissional tanto fonográfico quanto audiovisual. O material pode ser conferido no Youtube.


- Samba Tocantins, de Hayla Menares Lopez:

Hayla Menares (@haylamenares) é cantora conhecida na cidade de Palmas, além de gerir o único portal de notícias culturais da região, o TOCULT. Seu projeto prevê a construção de um show de samba a ser apresentado no início de 2022. Nesse show também serão gravadas as músicas que deverão ser publicadas nas plataformas de streaming futuramente.


- 8º Festival de Circo de Taquaruçu, do Circo Os Kaco:

Da elaboração do projeto aprovado pelo Instituto Itaú Cultural à administração dos recursos, estivemos envolvidos neste que é o maior festival de circo da região norte do Brasil. Desde 2019 a Fluxo Criativo auxilia o Circo Os Kaco na gestão do espaço, visando o desenvolvimento contínuo e a melhoria de sua infraestrutura. O Circo Os Kaco é o principal espaço cultural de Taquaruçu, equipado para receber espetáculos, shows e diversas atividades de diversos tamanhos.

0 comentário